Baixar The Cypher Deffect 3 – Costa Gold, André Nine, Major RD, Tz da Coronel (2022)

The Cypher Deffect 3 - Costa Gold, André Nine, Major RD, Tz da Coronel (2022)

Informações

Artista / Banda: Costa Gold, André Nine, Major RD, Tz da Coronel (2022)
Nome da Música: The Cypher Deffect 3
Gênero Músical: Rap / Hip Hop
Ano de Lançamento: 2022
Tamanho do Arquivo: 5 MB
Formato do Arquivo: Mp3
Qualidade: 320 kbps
País de Origem: Brasil
Idioma: Português

Download

Letra da Música

Tava precisando de uma dessa, né, assim, ó
Como Chico Xavier, flow, tabuleiro ouija
É mais forte que eu, o escolhido quem escolhe é Deus
Tudo que respira conspira, minha mente procria
Cada rap é um parto, bolsa rompida
E no mic, cuspindo fogo
Cada punch que eu rimo é um gozo da sua mente
Eu não minto, cada presidente aqui é um bozo, desgosto
Mais raivoso que cachorro em agosto
Se eu abaixo a calça ou se eu rimo ela fala: Que grosso
No kit coberto de ouro, com a sola do pé de esgoto
Pronto pra guerra, naquelas ideia
Se quer paz, eu quero em dobro
E hype é meu pau, cês dão muita mídia pra quem não soma
Ainda bem que a favela tem TZ, Major RD e Djonga
Bem mais de uma vez já pensei em parar
Achando que o rap não era pra mim
Até que apareceu esse fã e falou
Que escutou minha parada e não quis se matar
E outro me disse que largou o vício durante seu rehab ouvindo minha rima trancado
Então te pergunto se meu rap vai além do meu olho claro
Se ele salvou vida e aplaude pretos caros, ahn

Quem quer meu mal me vê na guerra estilo Sun Tzu
Isso é normal, tem uma década que eu tumultuo
Quem quer meu mal me vê na guerra estilo Sun Tzu
Isso é normal, tem uma década que eu tumultuo

Agi na pureza, mas eu vim da profissão perigo
Virei referência até no meio dos meus inimigo
Eles sabem o certo e fazem o feio parecer um vício
O TZ só faz esse apelo, ele só fala disso
Mas olha pro menor de gueto, ele não quer ser mais bandido
Olha pro menor de preto, se inspirou no meu estilo
Doutrinado desde cedo, você sabe que é aquilo
Joias do lado esquerdo pra não oprimir o crocodilo
Virando essa página, só paro pra imaginar
Não parei de ritmar, nenhum lugar e nem os amigos
Se tem preço nós vai comprar, se tem valor, vai conquistar
Raça eu não preciso provar, nenhum lugar e nem os amigos

Ah, com essa responsa no meu peito
Eu não vou recuar, não tenho medo
Ah, fui escolhido, então não rejeito
Já tava escrito, então não tem jeito (não)
Ah, com essa responsa no meu peito
Eu não vou recuar, não tenho medo
Ah, fui escolhido, então não rejeito
Já tava escrito, então não tem jeito

Tá ficando chato essa disputa
Todo meu verso eu tentando provar
Que eu sou bom pra esses filha da puta
Fazer o quê, mas não é minha culpa
Hoje eu entendo o meu valor, pô
Eu sou Major, cês são recruta
Igual o TZ, problema no contrato, meu trato é com Deus
Por isso que nunca vai faltar comida no prato
O urso no peito é fato que o bonde é feroz
Não tenta com nós que eu ando sozinho
Se eu sentir medo eu mato
Eu rimo assim e a cena é uma bagunça
Policial no palco do rap, papel escroto
Por que cê finge que ama a cultura?
Cola no meu show, se eu cantar Só Rock tá morto
Igual o Nog falou, eu também pensei em para
Sem freio, sem grana, com fome lá na roda da pracinha
Bati na porta dessas gravadora
Tentei entrar, ninguém deixou, ok, montei a minha
Agora o show devasta, a conta da minha mãe tá paga
Meu bonde atropela igual uma draga, eu sou uma praga
Sem usar droga, mas minha rima traga, até que traga
Grana pra minha tropa a Rock Danger esmaga

Deus olha pra mim na pequenininha e nunca que me desampara
Dá o terço agora de Nossa Senhora lá fora pra eu me benzer
Cês tem que instruir o menor que chegou e tá ganhando um dinheiro agora
Que é mó corrida pra estourar e outra corrida pra você se manter
Cê tem que instruir o menor pobre louco, na sede de um troco
Que mundo não é copão com gelo de coco que ele toma lá no rolê
A vida é louca, muito louca
E hoje as pessoa tá ruim como aquela pinga seca que não quer descer
O amor é a coisa mais valiosa que se pode ter
E o respeito pra quem não tem, o amor não se dá
E eu vim com a levada Hova
É rap nessa porra e o verso que eu fizer vou te arrepiar
Os meus Orixás, você pode pá, que vem me avisar
Vem na bolota do olho, se tiver no meio do erro as ideias, já era
E eu digo amém, no barato do môio
A bolota do olho cê vai percebendo o quanto
De malandragem que um bom malandro tem
Playboy não tenta, não fala, vai tomar tapa
Eu sou a rua, dez anos, morô meu chapa?
Eu inventei o Costa Gold, eu tinha quinze anos
Peguei o nome do meu bairro e cravei no mapa
Gravei uma pá, travei o mapa, cê num vem querer pá
Quero ver quem, quero vê quem tá
Eu corri, não parei, eu venci, eu sou rei, sorri, serei centrado
Minha família dá toda força que eu preciso e o resto é resto, aliado
Diretamente da boca do lixo
Eu tô pro hip-hop igual o Doutor Castor tá pro jogo do bicho
Nós veio pra pegar um pixo
Mas muito mais que isso, pra sempre o rap vai ser um compromisso

VideoClipe

Baixar Também